Tuberculose – um risco de saúde pública ainda, apesar de grandes avanços na medicina.

A educação e acções proactivas irão salvar vidas.

A Tuberculose ou “TB”, é uma doença bacteriana grave, mas tratável.

A TB não escolhe a idade, raça, género ou posição socioeconómica. Qualquer pessoa pode contrair a doença e não deve haver vergonha ou estigma acerca do seu diagnóstico e tratamento.

A TB não escolhe a idade, raça, género ou posição socioeconómica. Qualquer pessoa pode contrair a doença e não deve haver vergonha ou estigma acerca do seu diagnóstico e tratamento.

A tuberculose pode apresenta-se em duas formas principais:

Primeiro, como TB activa, o que significa que, os elementos patogénicos da TB nos seus pulmões estão activamente a reproduzir-se e você é altamente contagioso e capaz de propagar a doença através do ar e gotículas. Segundo, você pode ter uma infecção latente da TB, o que significa que, embora teste positivo para a doença, você não está necessariamente em situação de infectar outras pessoas e pode não apresentar sintomas nesse momento. A TB no seu estágio activo é uma doença altamente contagiosa. Ela propaga-se através da respiração, fala, tosse ou aspiro. Muito parecida com a Covid-19.

Como é que podemos parar a propagação da TB?

Maior parte dos protocolos que passamos a acostumar durante a pandemia global da Covid-19 são também extremamente eficientes para a ajudar a combater a propagação da TB.

O que significa que, lavar as suas mãos, usar máscara, cobrir a sua boca e o nariz ao tossir ou aspirar, e assegurar ventilação suficiente em qualquer compartimento que você esteja, pode ajudar bastante a travar a propagação da TB. Embora a TB não escolha as suas vítimas, existem grupos de pessoas que estão em maior risco de desenvolver doença grave a partir de uma infecção da TB.

Quem está em maior risco?

Em particular, a tuberculose constitui ameaça a pessoas com sistema imunológico comprometido ou baixo. Isso inclui pessoas com doenças subjacentes, crianças muito pequenas, mulheres grávidas e idosos, assim como pessoas que sofrem de HIV e SIDA, ou aquelas que estejam a tomar medicamentos supressores de imunidade. Pessoas com HIV positivo estão 18 vezes mais em risco de desenvolver TB activa. A TB é a primeira causa de morte em pessoas com HIV positivo.

Quais são as partes do corpo que a TB infecta?

A bactéria da tuberculose pode infectar qualquer parte do corpo, mas costuma afecta os pulmões.

A “TB Pulmonar” é caracterizada por:

• Tosse prolongada (mais de três semanas);
• Dores no peito;
• Fraqueza ou fadiga;
• Perda de peso;
• Febre;
• Suor nocturno.

Normalmente, esses sintomas começam de forma lenta e gradualmente vão se agravando. Isso é perigoso uma vez que significa que, uma pessoa que tenha TB activa, pode já estar a propagar a doença entre os seus familiares e colegas antes de ser diagnosticada. Se não for tratada, a TB pode afectar os rins, a espinha dorsal e o trato gastrointestinal e, em casos mais graves, pode até desencadear uma TB meníngea (uma infecção cerebral grave).

Quais são as opções de tratamento existentes?

A ciência medicinal em volta da TB tornou-se uma longa jornada. Actualmente, a TB é uma doença tratável e altamente curável. Com diagnóstico e tratamento efectivos, muitas pessoas recuperam-se completamente da TB activa num período de 6 meses. O regime de tratamento para TB activa consiste num longo ciclo de 6 meses de antibióticos orais (comprimidos), que devem ser tomados precisamente conforme a prescrição do médico, mesmo quando você começa a sentir-se melhor.

Se você não completar todo o seu ciclo de tratamento, corre o risco de desenvolver uma Tuberculose Resistente a vários Medicamentos (MDR-TB), que é uma doença ainda mais difícil de cura-la e que constitui igualmente uma grande ameaça à saúde pública, uma vez que aumenta a resistência microbial geral na população. (Isso significa que os antibióticos tornam-se ineficientes também para o tratamento de outras infecções).

O que devo fazer se suspeitar que alguém tenha TB?

A coisa certa a fazer ao desconfiar que você ou seu familiar esteja a sofrer tanto da TB latente como da activa, é procurar ajuda médica de imediatamente, e assegurar a aderência rigorosa ao plano de tratamento prescrito e cumpri-lo na íntegra. O provedor de saúde que desconfiar que um certo paciente tenha TB irá encaminha-lo à testagem. Para “TB pulmonar” ao paciente ser-lhe-á pedido uma amostra de saliva e, se for uma “TB não pulmonar”, poderão ser examinados os fluidos e tecidos afectados do corpo.

A Organização Mundial da Saúde recomenda testes rápidos de diagnóstico molecular primeiro, para pessoas que apresentem sinais e sintomas de TB. Outras ferramentas de diagnóstico podem incluir microscópio de análise de escarro e raios-X do peito. Se você tem uma infecção de TB mas ainda não progrediu para doença activa, deve também receber tratamento. Para uma infecção por TB, o tratamento dura, normalmente, entre um a três meses e envolve uma variedade de antibióticos.

E sobre as crianças?

Existe uma vacina segura e eficaz chamada bacille Calmette-Guerin (BCG) que oferece até 80% de protecção contra TB grave, e que constitui parte do plano padrão de vacinação para as crianças em muitos países africanos.

A TB é um problema global?

Sim. A TB existe em todo o mundo e qualquer pessoa pode contrai-la. Todavia, a Organização Mundial de Saúde confirma que maior parte dos casos activos da TB são diagnosticados nos países em via de desenvolvimento.

“Maior parte das pessoas que ficam doente devido a TB vivem nos países de baixa e média renda, mas a TB está presente em todo o mundo.”

Cerca da metade de todas as pessoas com TB podem ser encontradas em 8 países:

Bangladesh, China, Índia, Indonésia, Nigéria, Paquistão, Filipinas e África do Sul.

• Estima-se que cerca de um quarto da população mundial esteja infectada pela bactéria da TB;
• Apenas 5 – 15% dessas pessoas acabam padecendo de TB activa;
• As restantes contraem a infecção da TB mas não ficam doente e não podem transmitir a doença;
• Tanto a infecção por TB latente como a doença por TB activa são curáveis através do uso de antibióticos.

Tuberculose – um risco de saúde pública ainda, apesar de grandes avanços na medicina.

A educação e acções proactivas irão salvar vidas.

A Tuberculose ou “TB”, é uma doença bacteriana grave, mas tratável.

A TB não escolhe a idade, raça, género ou posição socioeconómica. Qualquer pessoa pode contrair a doença e não deve haver vergonha ou estigma acerca do seu diagnóstico e tratamento.

A TB não escolhe a idade, raça, género ou posição socioeconómica. Qualquer pessoa pode contrair a doença e não deve haver vergonha ou estigma acerca do seu diagnóstico e tratamento.

A tuberculose pode apresenta-se em duas formas principais:

Primeiro, como TB activa, o que significa que, os elementos patogénicos da TB nos seus pulmões estão activamente a reproduzir-se e você é altamente contagioso e capaz de propagar a doença através do ar e gotículas. Segundo, você pode ter uma infecção latente da TB, o que significa que, embora teste positivo para a doença, você não está necessariamente em situação de infectar outras pessoas e pode não apresentar sintomas nesse momento. A TB no seu estágio activo é uma doença altamente contagiosa. Ela propaga-se através da respiração, fala, tosse ou aspiro. Muito parecida com a Covid-19.

Como é que podemos parar a propagação da TB?

Maior parte dos protocolos que passamos a acostumar durante a pandemia global da Covid-19 são também extremamente eficientes para a ajudar a combater a propagação da TB.

O que significa que, lavar as suas mãos, usar máscara, cobrir a sua boca e o nariz ao tossir ou aspirar, e assegurar ventilação suficiente em qualquer compartimento que você esteja, pode ajudar bastante a travar a propagação da TB. Embora a TB não escolha as suas vítimas, existem grupos de pessoas que estão em maior risco de desenvolver doença grave a partir de uma infecção da TB.

Quem está em maior risco?

Em particular, a tuberculose constitui ameaça a pessoas com sistema imunológico comprometido ou baixo. Isso inclui pessoas com doenças subjacentes, crianças muito pequenas, mulheres grávidas e idosos, assim como pessoas que sofrem de HIV e SIDA, ou aquelas que estejam a tomar medicamentos supressores de imunidade. Pessoas com HIV positivo estão 18 vezes mais em risco de desenvolver TB activa. A TB é a primeira causa de morte em pessoas com HIV positivo.

Quais são as partes do corpo que a TB infecta?

A bactéria da tuberculose pode infectar qualquer parte do corpo, mas costuma afecta os pulmões.

A “TB Pulmonar” é caracterizada por:

• Tosse prolongada (mais de três semanas);
• Dores no peito;
• Fraqueza ou fadiga;
• Perda de peso;
• Febre;
• Suor nocturno.

Normalmente, esses sintomas começam de forma lenta e gradualmente vão se agravando. Isso é perigoso uma vez que significa que, uma pessoa que tenha TB activa, pode já estar a propagar a doença entre os seus familiares e colegas antes de ser diagnosticada. Se não for tratada, a TB pode afectar os rins, a espinha dorsal e o trato gastrointestinal e, em casos mais graves, pode até desencadear uma TB meníngea (uma infecção cerebral grave).

Quais são as opções de tratamento existentes?

A ciência medicinal em volta da TB tornou-se uma longa jornada. Actualmente, a TB é uma doença tratável e altamente curável. Com diagnóstico e tratamento efectivos, muitas pessoas recuperam-se completamente da TB activa num período de 6 meses. O regime de tratamento para TB activa consiste num longo ciclo de 6 meses de antibióticos orais (comprimidos), que devem ser tomados precisamente conforme a prescrição do médico, mesmo quando você começa a sentir-se melhor.

Se você não completar todo o seu ciclo de tratamento, corre o risco de desenvolver uma Tuberculose Resistente a vários Medicamentos (MDR-TB), que é uma doença ainda mais difícil de cura-la e que constitui igualmente uma grande ameaça à saúde pública, uma vez que aumenta a resistência microbial geral na população. (Isso significa que os antibióticos tornam-se ineficientes também para o tratamento de outras infecções).

O que devo fazer se suspeitar que alguém tenha TB?

A coisa certa a fazer ao desconfiar que você ou seu familiar esteja a sofrer tanto da TB latente como da activa, é procurar ajuda médica de imediatamente, e assegurar a aderência rigorosa ao plano de tratamento prescrito e cumpri-lo na íntegra. O provedor de saúde que desconfiar que um certo paciente tenha TB irá encaminha-lo à testagem. Para “TB pulmonar” ao paciente ser-lhe-á pedido uma amostra de saliva e, se for uma “TB não pulmonar”, poderão ser examinados os fluidos e tecidos afectados do corpo.

A Organização Mundial da Saúde recomenda testes rápidos de diagnóstico molecular primeiro, para pessoas que apresentem sinais e sintomas de TB. Outras ferramentas de diagnóstico podem incluir microscópio de análise de escarro e raios-X do peito. Se você tem uma infecção de TB mas ainda não progrediu para doença activa, deve também receber tratamento. Para uma infecção por TB, o tratamento dura, normalmente, entre um a três meses e envolve uma variedade de antibióticos.

E sobre as crianças?

Existe uma vacina segura e eficaz chamada bacille Calmette-Guerin (BCG) que oferece até 80% de protecção contra TB grave, e que constitui parte do plano padrão de vacinação para as crianças em muitos países africanos.

A TB é um problema global?

Sim. A TB existe em todo o mundo e qualquer pessoa pode contrai-la. Todavia, a Organização Mundial de Saúde confirma que maior parte dos casos activos da TB são diagnosticados nos países em via de desenvolvimento.

“Maior parte das pessoas que ficam doente devido a TB vivem nos países de baixa e média renda, mas a TB está presente em todo o mundo.”

Cerca da metade de todas as pessoas com TB podem ser encontradas em 8 países:

Bangladesh, China, Índia, Indonésia, Nigéria, Paquistão, Filipinas e África do Sul.

• Estima-se que cerca de um quarto da população mundial esteja infectada pela bactéria da TB;
• Apenas 5 – 15% dessas pessoas acabam padecendo de TB activa;
• As restantes contraem a infecção da TB mas não ficam doente e não podem transmitir a doença;
• Tanto a infecção por TB latente como a doença por TB activa são curáveis através do uso de antibióticos.