Planificar a sua gravidez. A forma saudável.

 

09/02/2021

Muitas mulheres planificam as suas gravidezes hoje em dia. Antes de contrair a gravidez, deve ter certeza de que está de boa forma mental e fisicamente. Mães saudáveis e felizes geram bebés saudáveis e felizes, e para garantir isso, há coisas a considerar:

 

Primeiro, converse sobre o plano da sua gravidez com o seu médico. Certifique-se de ter informação sobre a nutrição correcta, vitaminas, exercícios, histórico familiar, ganho de peso, que medição deve evitar, tabagismo e álcool.

 

Se tiver um controlo de natalidade a longo prazo, pode levar algum tempo para que os efeitos hormonais desapareçam. Rastreie o seu ciclo, o momento para contrair a gravidez é três dias antes da ovulação, isto é, cerca de 14 dias dentro do seu ciclo menstrual, contados a partir do primeiro dia do seu período. Porém, nem todos têm o mesmo ciclo.

 

Tente manter o seu peso sob controlo. Alimente-se bem, as frutas e vegetais fornecem nutrientes para si e para o seu bebé. Diminua o açúcar a hidratos de carbono. Reduza o consumo de cafeína e bebidas cafeinadas, que contêm grandes quantidades de açúcar. O álcool também pode reduzir a fertilidade tanto no homem como na mulher.

Estar acima do peso pode dificultar a contracção da gravidez, pode resultar em aborto espontâneo, baixo peso de nascimento para o seu bebé e aumentar o risco de desencadear diabete gestacional.

 

Mantenha-se em forma, continue praticando exercícios, vai ajudar-lhe no ganho de peso extra durante a sua gravidez, e recomenda-se um estilo de vida saudável.

 

Se possível, pare de fumar antes de tentar ficar grávida. Fumar baixa a quantidade de oxigénio disponível para o seu bebé, aumentando o risco de ele ter problemas respiratórios, parto prematuro e baixo peso de nascimento.

 

O ácido fólico é vital no desenvolvimento de um feto saudável. Os profissionais de saúde recomendam tomar 400 microgramas de ácido fólico 1 à 3 meses antes de ficar grávida, e ao longo da sua gravidez. Inicie também com multivitamina para gravidez, para assegurar que tenha todas as vitaminas necessárias para gerar um bebé saudável.

 

Certifique-se de ter tido MMR (vacinação contra sarampo, parotidite e rubéola), ou tome-as um mês antes de ficar grávida. Isso vai lhe dar uma imunidade para rubéola e sarampo, que podem provocar aborto espontâneo ou múltiplos defeitos de nascença. Se não tiver certeza de ter recebido essas vacinas, existe um teste de sangue que pode fazer para mostrar se tem imunidade ou não.

 

Agora é tempo para relaxar, há uma pesquisa que sugere a conexão entre o stresse e a infertilidade. Preparar-se, não apenas física, mas também mentalmente, significa reduzir os seus níveis de stresse. Tente evitar qualquer coisa que lhe deixe stressado ou que eleve a sua pressão arterial.

 

A gravidez e o nascimento podem ser uns dos momentos mais emocionantes da vida da mulher, uma experiência verdadeiramente especial. Planificando e cuidando-se, estará a se oferecer o presente de um bem-estar físico e mental durante a sua gravidez.

 

As mulheres grávidas estão em maior risco de contrair a COVID-19?

 

Devido às mudanças no seu organismo, o sistema de imunidade das mulheres pode ser mal afectado pelas infecções respiratórias. É, portanto, importante que tomem as precauções para se protegerem da infecção pela COVID-19.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mulheres grávidas ou recentemente grávidas adultas, com peso acima do normal, e que tenham algumas doenças crónicas como hipertensão e diabete, parecem apresentar maior risco de contrair COVID-19 severa. Mulheres grávidas que apresentem COVID-19 severa, costumam precisar de cuidados intensivos do que as não grávidas.