Iluminando a Mulher e a Rapariga

14 Outubro 2022

Cultive a igualdade, crie um mundo mais saudável e mais feliz para todos

A igualdade de género afecta a mulheres e a rapariga a nível pessoal, mas também afecta a todos os seres vivos do planeta.

A fome, a desnutrição e os efeitos do aquecimento global estão a aumentar, e as mulheres e raparigas educadas e empoderadas podem ser fundamentais para resolver isso.

Porquê a igualdade é tão importante?

Em muitas zonas da África rural, as mulheres constituem 50% da mão-de-obra agrícola, mas continuam a enfrentar forte discriminação, inibindo-as de atingir todo o seu potencial.

Abordando questões como igualdade salarial, propriedade da terra e do gado, acesso a recursos e crédito, e inclusão nos órgãos formais de tomada de decisão, podemos garantir um aumento de 2,5 à 4% na produção agrícola, e uma redução de 12 à 17% do número de pessoas desnutridas em todo o mundo.

Com as mudanças climáticas, pandemias globais como a COVID-19 e conflitos humanitários causando aumento dos preços de alimentos e escassez que acabará por afectar o bem-estar de todos os agregados e indivíduos do planeta, precisamos combinar educação, sabedoria, criatividade e resiliência entre os géneros. Juntos, precisamos cultivar um ambiente sustentável, a fim de garantir a saúde e felicidade futuras do nosso planeta.

Como é que cada indivíduo pode fazer a diferença?

Todos nós temos a capacidade de iluminar a igualdade de género, uma oportunidade de empoderar a mulher e a rapariga nas nossas comunidades e em todo o mundo. Mas como?

Seja social. Use as suas contas de redes sociais para partilhar histórias, vídeos, diários virtuais e artigos sobre raparigas e mulheres que estão a liderar, moldar e mudar o mundo em sua volta. Partilhe a inspiração que já existe!

Seja optimista. Faça mais. Apoie as instituições que trabalham para elevar e capacitar as mulheres e raparigas através da educação, saúde e defesa da igualdade de direitos. Envolva os seus representantes governamentais e empresas locais para colocar mais foco e investimento em programas de educação e formação direccionados.

Use as suas competências. Dê o seu tempo. Você não precisa oferecer um apoio financeiro para fazer uma diferença duradoira na vida de uma rapariga. Muitas organizações locais estão desesperadas por falta de voluntários para ensinar a ler e escrever às raparigas que, sem isso, não teriam acesso a essas habilidades básicas. Tudo começa com aquela chispa inicial de esperança e inspiração.

Amplie a sua influência. Os modelos femininos são inestimáveis na criação de rumos para a próxima geração seguir. Ao envolver as principais influenciadoras femininas nas indústrias tradicionalmente dominadas pelos homens, podemos quebrar estereótipos de género prejudiciais, e reformular a maneira como a rapariga vê as suas possibilidades futuras.

Como é que estamos a criar um mundo mais saudável e mais feliz para todos?

A Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Género e o Empoderamento da Mulher (ONU MULHERES) apela-nos a repensar no nosso sistema alimentar quebrado de baixo para cima. Numa abordagem dupla para alcançar a igualdade de género e a segurança alimentar, seus “Objectivos de Desenvolvimento Sustentável” são voltados para apoiar as mulheres rurais na produção e distribuição de culturas alimentares diversas e saudáveis. Agricultoras e trabalhadoras rurais, fornecendo alimentos para o nosso futuro.

Uma consciencialização global.

Existem, em Outubro, duas datas de conscientização que procuram destacar os direitos da mulher e da rapariga em todo o mundo. No dia 15 de Outubro celebra-se o Dia Internacional da Mulher Rural, e no dia 11 de Outubro comemora-se o 10º aniversário do Dia Internacional da Rapariga.

Saiba mais sobre o que você pode fazer para fazer uma mudança pessoalmente aqui: